0
0
0
0
0
0
0
ou copiar o link

 

 

 

 

0
0
0
0
0
0
0
ou copiar o link

 

 

 

Ligamento: Reconstrução extra-articular

0
0
0
0
0
0
0
ou copiar o link

Nos casos de re-lesão do ligamento cruzado anterior

A nova cirurgia deverá ser mais resistente aos movimentos de rotação. Sendo assim associamos a nova reconstrução do LCA com outra técnica que chamamos extra articular para dar segurança a novas torsões;

Fazemos a técnica chamada mini Lemaire que é um neoligamento fora da articulação usando uma fita do tendão do fascia lata.

A associação das 2 técnicas tem mostrado melhores resultados em caso de re-lesões.

Veja vídeo anexo: Reconstrução extra-articular

Leia mais: LIGAMENTO

Lesão do Ligamento cruzado posterior

0
0
0
0
0
0
0
ou copiar o link

lesao-do-cruzado-anteriorO ligamento cruzado posterior do joelho fica na região posterior do joelho. Muito se fala do ligamento cruzado anterior, pois sua lesão é 30 vezes mais frequente, ainda mais no Brasil o país do futebol que é o esporte que mais leva a esta lesão.

O ligamento cruzado posterior faz a ligação entre a tíbia e o fêmur na região posterior do joelho de forma cruzada com o anterior, por isto recebem o nome de ligamentos cruzados.

Lesao-do-LCPDiferentemente da lesão do cruzado anterior que acontece no entorse do joelho, com o pé fixo ao solo e o corpo gira para o outro lado, o cruzado posterior se lesiona com traumatismos muito mais fortes como acidente de carro com batida do joelho no painel ou queda de moto com a força indo da frente para trás, ou queda ajoelhado. O osso da perna (tibia) é jogado para trás e o da coxa (fêmur) fica na frente.
lesam o cruzado posterior
O futebol americano ou o Rugby são esportes que frequentemente lesam o cruzado posterior, pois o adversário cai sobre o joelho do outro de frente para trás.

rugby
Quando ocorre uma lesão isolada do ligamento cruzado posterior na fase aguda o tratamento é conservador com imobilização e uso de muletas, pois este ligamento tem potencial cicatrização. Nos casos em que a lesão é muito grande que graduamos de grau 3, o tratamento passa a ser cirúrgico porém com especial atenção, pois bem atrás do ligamento passa a artéria poplítea que leva sangue para perna.

Podemos usar vários tendões da própria pessoa para reconstruir este ligamento, mas o mais usado é parte do tendão do quadríceps.

0
0
0
0
0
0
0
ou copiar o link

Este video mostra a avaliação isocinética com . Esta avaliação serve para avaliarmos a recuperação da musculatura do músculo anterior da coxa (quadriceps) e posteiror (biceps femoral ) comparando com o outro lado, não operado. Serve como guia para orientarmos o atleta qual exercício deve ser priorizado e também para avaliarmos se o atleta está em condições de retornar ao esporte que praticava.