Este video mostra a avaliação isocinética com . Esta avaliação serve para avaliarmos a recuperação da musculatura do músculo anterior da coxa (quadriceps) e posteiror (biceps femoral ) comparando com o outro lado, não operado. Serve como guia para orientarmos o atleta qual exercício deve ser priorizado e também para avaliarmos se o atleta está em condições de retornar ao esporte que praticava.

Dores nos Ombros

As dores nos ombros podem estar relacionadas a diversos problemas, porém de forma geral as inflamações dos tendões e bursas(bolsas) são as mais comuns. As bursites ou tendinites podem acometer qualquer pessoa, não só os atletas. As causas mais comuns em não atletas ocorre quando a pessoa tem atrofia muscular e faz exercícios de repetição ou algum esforço único carregando algum peso. Já nos atletas jovens a sobrecarga de treinos com movimentos repetitivos e com carga são os principais fatores desencadeantes, como nos jogadores de tênis ou voley que tem que sacar muitas vezes nos treinos. A dor é o primeiro sintoma a aparecer seguido de diminuição do movimento.

Dores nos ombros - tendinite

Dor nos ombros - TenisQuando o paciente tem dor e dificuldade para realizar os movimentos causado pela inflamação dos tendões deverá diminuir ou parar os treinos e iniciar um tratamento que visa inicialmente diminuir a dor e inchaço com antinflamatórios , compressas de gelo e fisioterapia. Tendo melhorado da dor deverá iniciar reforço muscular antes de voltar a treinar!!

Já as dores nos ombros das pessoas com mais idade podem variar deste inflamação dos tendões , rupturas musculares ou tendinosas e até chegar a artrose(desgaste da articulação). Como o movimento do ombro se baseia nos movimentos dos músculos como se fossem cabos que puxam o braço para cima, estes tendões vão ficando enfraquecidos sobretudo na região onde se inserem no osso podendo se romper!

Dores nos ombros - raptura do tendao

Nos casos em que ocorre a ruptura e o paciente tem dor aos movimentos sem melhora com tratamento clínico deverá ser submetido a reparação do tendão roto com costura por vídeo!!

Dor nos ombros - reparacao do tendao

L-Arginina: recuperação lesões musculares

A Arginina é um aminoácido básico no organismo, a principal carreadora de nitrogênio em humanos e animais e faz parte da síntese de moléculas importantes como agmatina, creatina, ornitina, óxido nítrico, poliaminas, prolina, dentre outras.

l-arginina esportes

 

A Arginina é classificada como semi-essencial ou condicionalmente essencial em seres humanos, pois pode ser sintetizada pelo organismo numa quantidade suficiente para atender as necessidades, não sendo necessária na dieta de adultos saudáveis. Apresenta importância na manutenção da resposta imunológica e cicatrização de feridas.

arginina efaitos colateraisPoucos estudos sérios comparativos foram feitos para creditar tantos efeitos benéficos como é lardeado pela mídia popular, porém numa publicação recente , de agosto de 2015,  na revista brasileira de ortopedia, com o título: Efeitos da suplementação nutricional com l-arginina no reparo de lesões por estiramento muscular. Estudo experimental em ratos demonstrou que a arginina pode ser um potencial tratamento para as lesões musculares , pois se observou, nas avaliações histológicas tratados diariamente, por sete dias, com 3 g de arginina por via oral, a intensa angiogênese (aumento do número de vasos sanguíneos), efeito já conhecido em treinamentos musculares com pesos, que proporcionam maior resistência e ganho de massa, além de contribuir para a diminuição do percentual de gordura corporal.

Porém o uso indiscriminado desta substância e quantidades elevadas de Arginina no organismo podem causar doenças ósseas e doenças de pele. Podem causar também náuseas e diarreias aquosas, alterar os níveis de açúcar no sangue e  aumentar o risco de hemorragia.

Lembro que o estudo citado acima foi feito em ratos e ainda não em humanos!!

Portanto não se deve auto medicar se e sim procurar um médico de esporte para uma avaliação!!!

arginina esportes